Cidade do Cabo

Proudly UNQUIET

Patrocínio:

É fácil apaixonar-se pela moderna capital sul-africana

Se há uma cidade capaz de disputar com Sydney ou com o Rio de Janeiro o título de capital gay praiana do Hemisfério Sul, é Cape Town, ou Cidade do Cabo. A lindíssima capital sul-africana (uma das três oficiais do país) tem ares de balneário, com praias para todos, repleta de vilas charmosas e cenários de natureza quase intocada, convidando seus visitantes a muitas atividades diurnas. 

A África do Sul se orgulha da sua constituição, uma das mais modernas e recentes, que garante direitos LGBTQIA+ na mesma medida em que desfez as históricas desigualdades raciais no começo dos anos 1990, quando Nelson Mandela se tornou o primeiro presidente negro do país. E é na moderna Cidade do Cabo onde os ideais sul-africanos melhor podem ser experimentados. O caldeirão cultural formado pelas 12 etnias oficiais dá ares cosmopolitas à região.

Baía de Clifton, mostrando o mar e a encosta
Clifton | Foto: iStock
Cabo da Boa Esperança | Foto: iStock
cidade do cabo lgbtqia+
The Bungalow | Foto: Reprodução

Um giro por bairros como Camps Bay, Sea Point e Green Point deixa clara a verve gay friendly da Cidade do Cabo: LGBTs são bem-vindos em todos os estabelecimentos. Há, claro, bares, restaurantes e clubes dedicados ao público, mas o barato é vivenciar o mix que toma os lugares da moda formado por gente de todas as idades, surfistas – muitos gays, afinal, trata-se de uma cidade praiana – meninas modernas e representantes de toda sigla LGBT. O imperdível pôr do sol no The Bungalow, em Clifton, é há décadas um desses lugares. Fica no topo de uma encosta, entre a Third Beach, a praia gay oficial, e a Fourth Beach, adotada por naturistas. No verão, DJs convidam a esticar até bem mais tarde. O mesmo acontece em Camps Bay, onde gente de todas as tribos vem curtir a praia durante o dia e restaurantes e bares à beira-mar noite afora.

Em Green Point, bairro vizinho do famoso Waterfront, lugares divertidos como o Beefcakes, inspirada nas hamburguerias americanas dos anos 1950 com um toque de humor drag, costumam lotar durante o jantar. Na vizinha Sea Point, de frente para o mar, está o Brian’s Pub, bar com pista de dança animada que começa a ferver já cedo. 

cidade do cabo lgbtqia+
Camps Bay | Foto: iStock
Table Mountain | Foto: iStock

Na Long Street, no centro, pulsa uma vida noturna típica capetonean. Em meio a bares lotados de estudantes e visitantes que enchem os hostels da região, estão restaurantes estrelados e bares super friendly. O SGT Pepper Long Street funciona como uma pizzaria durante o dia e bar gay à noite, com uma varanda que dá de frente para o “pink quarter”, localizado na vizinha Waterkant. Lá estão cafés como o Manhattan, verdadeira instituição queer, frequentado LGBTs de todas as idades. Aos finais de semana, acontecem shows de drag queens. Como na área estão muitos outros bares, e alguns pop-ups durante o verão, a pedida é dar uma passadinha em todos.

Bar Code, com pistinha, e o Crew Bar, com gogo boys, são sempre animados. O The Social Bar e o The Piano Bar, mais calminhos, ideais para drinks e conversas. Não longe dali, o The Pink Panther Night Club, com programação animada, é onde todo mundo vai se jogar na pista depois de um tour pelos bares. Para completar o roteiro, fique de olho na agenda de festas animadas que acontecem fora da cidade, como a Gat Party, em Bellville, geralmente no segundo e no último sábado do mês. 

Espécie de Meatpacking District da Cidade do Cabo, o The Old Biscuit Mill é o ponto de encontro da galera hipster principalmente aos finais de semana, quando acontece uma animada feirinha com brunches ao ar livre. Em meio a lojinhas e ateliês instalados nos prédios e galpões da área, não deixe de conferir restaurantes estrelados como o The Test Kitchen e o The Pot Luck Club; o primeiro é considerado o restaurante mais concorrido da África do Sul, com longa lista de espera, por isso, reserve com antecedência. 

cidade do cabo lgbtqia+
Beefcakes Bar | Foto: Reprodução
Green Point | Foto: iStock

Apesar da noite animada, é durante o dia que você irá se apaixonar pela Cidade do Cabo. Não deixe de fazer passeios como as subidas à Table Mountain e à Lion’s Head. Na primeira, um bondinho leva diretamente ao topo da montanha, que costuma ficar coberta sem aviso prévio por nuvens que alteram bastante a sensação térmica. Na segunda, uma trilha leva até um dos melhores pontos de encontro para apreciar a geografia acidentada da cidade.

cidade do cabo lgbtqia+
Manhattan Bar | Foto: Reprodução
cidade do cabo lgbtqia+
Long Street | Foto: iStock
cidade do cabo lgbtqia+
De Waterkant | Foto: iStock

Para completar o circuito diurno, explorar a Chapman’s Peak, uma das rotas cênicas mais lindas do mundo, passando por cidadezinhas como Hout Bay, cheia de galerias de arte e a romântica Boulders, onde está localizada a famosa praia dos pinguins, é das melhores pedidas. A estrada leva até o Cabo da Boa Esperança, localizado em um imenso parque nacional, que possibilita atividades como trekkings e pedaladas. 

Sea Point | Foto: iStock

Independentemente do tipo de viajante, noturno ou diurno, uma coisa é certa, apaixonar-se pela Cidade do Cabo será fácil. 

Pride e Festivais:

A CT Pride Festival acontece entre o final de fevereiro e início de março. Durante dez dias, muitos eventos LGBTQIA+ por toda Cidade do Cabo, incluindo uma parada que passa pelo centro e termina em uma festa com palco montado na Long Street. 

Essencial Proudly UNQUIET:

Fãs de bons vinhos não podem deixar de visitar Constantia, a vinícola mais antiga do país localizada na cidade. Ela é ponto de partida para uma rota composta por outras cidades como as charmosas Franschhoek, Paarl e Stellenbosch. Apesar do bate-volta possível a partir de Cidade do Cabo, vale muito a pena planejar alguns dias hospedando-se na região. De qualquer uma das cidades é possível acessar as muitas vinícolas que formam um triângulo imperdível para quem gosta de comer e beber bem. 

cidade do cabo lgbtqia+
The Bungalow | Foto: Reprodução

Clima: As melhores épocas para visitar são durante a primavera e o verão. O clima seco e agradável é ideal para dias na praia ou atividades ao ar livre. No outono, prepare-se para chuvas diárias e durante o inverno, como em todo balneário, muitas atrações fechadas. 

Moeda: Rand sul-africano

Idiomas: são doze idiomas oficiais, o inglês falado em todo o país

    UNQUIET Newsletter

    mobil okey oyna
    https://www.fapjunk.com https://pornohit.net
    evden eve nakliyat
    evden eve nakliyat
    akumyolda.comakumyoldaakumyolda.comakumyolda.comakumyolda.comakumyolda.com
    turkceingilizce.gen.trturkceingilizce.gen.tr
    translatedicttranslate dicttranslatedict.com
    Freetranslations.org is a web site to help you to translate to English from tens of languages as a free translator.freetranslationsfreetranslations.org london escorts
    ©UNQUIET 2024 - Todos os direitos reservados
    Think4
    Voltar ao topo