Espanha
de bike

De Madri a Segóvia, pedalar ganha um outro significado. Duvida? Leia o relato de nossa correspondente na capital castelhana

Fechar

Benefícios Exclusivos UNQUIET: Madrid, Espanha

Saiba mais

Consulte seu agente de viagens.

7 Sherpas

  • Kit de ciclismo (bermuda e camiseta)

Código de Reserva: UNQUIET SPECIAL OFFER

Validade: para viagens realizadas até 31 de dezembro de 2021.


Mandarin Oriental, Ritz Madrid

  • Café da manhã diário, servido no quarto ou restaurante, para até duas pessoas;
  • City Tour Exclusivo: redescubra Madrid e seus endereços mais escondidos – com destaque para os estabelecimentos centenários e sua história, artesãos etc.
  • Créditos de EUR 150 por estada para quartos e EUR 300 para suítes – válidos somente para utilização em alimentos e bebidas;
  • Um presente original e único do histórico Ritz (estoques limitados)

Unico Madrid

  • Upgrade de categoria e coquetel de boas-vindas assinado pelos mixologistas do bar do Único

Código de Reserva: UNQUIET SPECIAL OFFER

Validade: para viagens realizadas até 1 de agosto de 2022

Roteiro de bike pela Espanha

Basta avançar por alguns quilômetros além dos limites da capital espanhola para que o ritmo de vida desacelere e a serra de Guadarrama – ou de Madri interrompa a monotonia da paisagem. Equilibrando natureza e cenários que inspiraram contos de fadas, ciclovias perfeitas, pacatas estradinhas de montanha e pistas ladeadas de plantações de cereais amarram um roteiro de bike que parte de Madri com paradas em Ávila,  Segóvia e outras cidades medievais na região de Castela e Leão. Um tour com direito a cumprir algumas etapas da célebre prova de ciclismo Volta da Espanha, cruzar vilarejos com milhares de anos de história e degustar (sem culpa) o melhor leitão assado da Península Ibérica.

Gran Via, centro de Madri: roteiro ciclístico inspirado na Volta da Espanha sai dos arredores da capital. Foto: Getty.
Aquedutos romanos em Segóvia. Foto: Divulgação

Roteiro de bike personalizado

O circuito é organizado pela 7 Sherpas, empresa familiar com sede na Califórnia, especializada em experiências esportivas personalizadas combinadas com viagens em alto estilo. Com duração de uma semana, zarpa de Navacerrada, uma das portas de entrada da serra de Madri.  Os roteiros  de bike são adaptados ao fôlego de cada cliente e incluem hospedagem, guia, carro de apoio e algumas refeições. A quilometragem diária pode variar de 40 a 100 quilômetros por dia. Nos grupos (máximo de 12 pessoas), heterogêneos quanto ao preparo físico, bicicletas elétricas dão uma mãozinha aos menos condicionados. Conforme o andamento da viagem, os itinerários podem ser revistos. Para escapar do gelo ou do calor sufocante do verão espanhol, o ideal é fazer a viagem na primavera (abril a junho) ou no outono (setembro a outubro), quando as temperaturas são amenas e o céu azul.

Catedral gótica de Sevilha. Foto: Fotoarena
Foto: Getty
La Pedriza, na serra de Madri. Foto: Getty.
Centro histórico
de Segóvia faz parte deste roteiro ciclístico cheio de charme. Foto: Divulgação

Subindo a serra de Madri

Famosa por suas subidas longas, mas não muito íngremes (inclinação média de 6%), a serra de Madri tem roteiros para ciclistas com distintos níveis de preparo físico, incluindo trechos mais puxados. “A Serra de Madri tem múltiplas possibilidades, mas a subida mais desafiadora é a da Bola del Mundo, um trecho de três quilômetros pertencente a uma pista de esqui, que já fez parte da Volta da Espanha”, explica Chris Butcher, guia da base da 7 Sherpas em Madri. “O piso é de concreto extremamente acidentado e a inclinação pode chegar a 20% antes de alcançar os 2.258 metros de altitude.”

Com tradição no ciclismo profissional e amador, a Espanha tem leis para proteger quem pedala, como a obrigação de passar a um máximo de 1,5 metro de distância lateral, sob pena de levar uma multa pesada. O Guia do Ciclista, publicado pela Direção Geral de Tráfego, lista as normas de trânsito para fazer cicloturismo no país.

Jardins de San Lorenzo, em Madrid. Foto: Getty

Castela e Leão

Após subir a serra de Madri, as famosas torres de Ávila são a comissão de frente da etapa seguinte após subir. Cercado por uma muralha de pedra erguida entre os séculos 11 e 12, o centro histórico da cidadezinha é formado por uma teia de ruelas medievais que desembocam em praças, monastérios, palacetes e igrejas.

A 65 quilômetros de Ávila, Segóvia é a base para a terceira etapa do pedal. Um de seus cartões-postais é o Alcázar, fortaleza com origem no século 12 que teria servido como inspiração para o castelo da Branca de Neve no desenho animado de Walt Disney. Outro destaque é o grandioso aqueduto romano que corta a cidade. Construído no século 1o e tombado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Pedalando ao longo de 55 quilômetros, com pouquíssimo trânsito, é possível chegar a outras joias medievais de Castela e Leão, como Pedraza e Turegano. Coroado por um castelo do século 13, Pedraza é considerado um dos povoados mais bonitos da Espanha pela revista espanhola Traveler, e ostenta uma das praças mais fotogênicas do país. Já Turegano, tem como marca registrada sua singular igreja fortificada do século 15, erguida pelo arcebispo de Segóvia, Juan Arias Dávila, que decidiu transformar a cidade em sua fortaleza particular.

Antes do retorno a Madri, que fecha o circuito costurado pela 7 Sherpas, vale a pena cumprir o ritual gastronômico segoviano por excelência. Seja no restaurante José María, na Casa Duque ou no Mesón de Cándido, endereços tradicionalíssimos da cidade, a maciez do leitão assado é tanta que dispensa a faca. Depois de pedalar tanto, você merece.

Mais informações: 7sherpas.com/ Instagram:   @7sherpas

Monastério San Lorenzo. Foto: Fotoarena
Serra de Guadarrama ao fundo de Madri: roteiro ciclístico começa ao pé da cadeia de montanhas e termina na capital. Foto: Getty.
Foto: Divulgação

Madri, a última etapa do roteiro

No último dia, ainda dá tempo de queimar calorias no retorno a Madri, feito por uma impecável ciclovia que parte de Soto del Real, aos pés da serra de Guadarrama, e avança por 32 quilômetros em paralelo à estrada M-607 até chegar à capital. “O legal dessa viagem é justamente passar por cenários e terrenos diferentes – num dia você está no campo, no outro está subindo a serra e depois fecha numa ciclovia”, diz a paulistana Cristina Ferrari. Ela é veterana em viagens de bicicleta com a 7 Sherpas pelo mundo. “Foi maravilhoso adentrar Madri de bicicleta, cruzando aquelas avenidas monumentais”.

Bike Experience  Spain –  Madrid – Segovia

Sugestão de programa de treinamento com a bike, para melhorar a sua performance para esta viagem única e especial. Por José Rubens D’Elia

Treinos semanais  segundo a sua disponibilidade:

3 vezes por semana4 vezes por semana5 vezes por semana
2 treinos médios de 60 minutos  
1 treino longo de 90 minutos
 3 treinos médios  de 60  minutos  
1 treino longo de 90 a 120 minutos
2 treinos médios de 60 minutos  
2 treinos longos de 90 a 120 minutos  
1 treino subida de 60 minutos
Terreno plano ou médioTerreno plano e médioTerreno plano, médio e subida

Tipos de Bike

  • Mountain Bike  –  Speed  – Ebike
  • As bicicletas devem ser ajustadas às suas medidas. Recomendamos a realização de um bike fit, para adequar ao seu tamanho e ajustes compatíveis à  sua ergonomia.
  • Você pode adquirir sua bicicleta aqui,  com especialistas, lembrando que na viagem você pode alugar uma bike muito similar a sua necessidade.

Equipamentos de Segurança e Vestuário:

  • Capacete
  • Óculos com lentes para proteção solar
  • Par de luvas
  • Camisa de Ciclismo, com bolsos nas costas
  • Jaqueta para proteção em relação à temperatura
  • Bermudas específicas para o Ciclismo
  • Sapatilhas ou tênis específicos para viajar
  • Ciclo computador, com GPS
  • Monitor cardíaco
  • 1 Squeeze para hidratação

Lembrar de levar protetor solar, colírio com indicação médica

Consultar um nutricionista para consumo de alimentos e bebidas  pré, durante e pós treino.

José Rubens D’Elia – @joserubensdelia – Coach de Alta Performance de Pilotos e Atletas Olímpicos, Fisiologista do Esporte, Autor do método psicofísico, Treinador de Ciclismo e autor do livro Ciclismo, Fisiologia e Biomecânica 

La Pedriza in Sierra de Madrid. Foto: IStock
Fechar

SUSTENTABILIDADE

Ações de conservação do meio ambiente e ações sociais

Saiba mais

Unico Madrid

  • No restaurante, todos os produtos são sazoneis e produzidos localmente;
  • Políticas de reciclagem, baixo consumo de energia.

Unico Hotel Madrid

Mapa: Antônio Tavares

    UNQUIET Newsletter

    Voltar ao topo