Coala e Rock the Mountain

Uma ode à música brasileira

Patrocínio:

Refletindo sobre festivais no eixo Rio-São Paulo, percebo que demorou um bocado até as duas capitais abraçarem a música brasileira, seja a MPB e/ou a contemporânea, para dar vida a um festival. Os artistas nacionais, na maioria, sempre estavam relegados como atrações menores e abrindo a programação, salvo os grandes nomes já consagrados.

Finalmente a situação começa a mudar com o surgimento de festivais que celebram a nossa cultura e colocam a música brasileira onde ela deve estar: no centro de tudo!

Lembro-me da primeira vez em que estive no Coala. As expectativas, talvez por preconceito, eram baixíssimas, mas saí de lá de alma lavada e atordoada por conta do line-up perfeito, da produção impecável e da beleza do festival. Para completar, o Coala reúne um público superinteressante. Esta foi a primeira edição, ainda em 2014, tendo Criolo e Tom Zé como headliners. Não poderia mesmo dar errado.

Coala | Foto: Fernando Schlaepfer
Coala | Foto: Fernando Schlaepfer

Na sua estreia, o Coala mostrou a que veio, fincou a bandeira no Memorial da América Latina e nunca decepcionou. O line-up sempre foi bem diverso apresentando nomes consagrados e emergentes da música brasileira. Desde então passaram por lá Mano Brown, Luedji Luna, Milton Nascimento, Elza Soares, Gilberto Gil, Juçara Marçal, Ney Matogrosso, Elba Ramalho, BaianaSystem, Duda Beat, entre outros nomes. A lista é extensa. 

A próxima edição acontece nos dias 17 e 18 de setembro. O Coala se tornou tão concorrido que mais de 90% dos ingressos já foram vendidos. Nomes confirmados? Pode parar tudo, porque como sempre o line-up está imperdível: Gal Costa com participação de Rubel e Tim Bernardes, Maria Bethânia, Black Alien e a nova estrela da música brasileira, Marina Sena.

Coala | Foto: Fernando Schlaepfer

O festival Rock the Mountain já colocou na rua cinco edições, mas ganhou as principais manchetes ao anunciar a 6ª edição, cancelada em 2021, com uma escalação estelar de artistas brasileiros. Para 2022 as expectativas só aumentam. De uma hora para outra, o festival está na boca de todos os meus amigos e todo mundo já tem ingressos na mão para curtir o fim de semana prolongado nas montanhas, em Itaipava, na bela serra de Petrópolis (RJ). Isso me remete a um tipo de festival o qual não estamos tão acostumados no Brasil, mais urbanos e alguns praieiros. É bacana ver cidades do interior brasileiro abrigando festivais com programações tão impressionantes. 

De novembro, o Rock the Mountain passou para abril com uma programação acontecendo por dois finais de semana, muito provavelmente por conta do sucesso e procura. O line-up? Continua cheio de estrelas com mais de 70 artistas confirmados, como Caetano Veloso, Gal Costa, Criolo, Silva, BaianaSystem, Luedji Luna, Jaloo, Ana Frango Elétrico, Marcos Valle, Teresa Cristina, entre outros. O evento ainda conta com várias atrações, como bungee jump, balão, tirolesa, artes, etc.

Rock the Mountain | Foto: Divulgação
Rock the Mountain | Foto: Divulgação
Rock the Mountain | Foto: Indie Clicks

Eu, que demorei a abraçar a música brasileira com tamanha devoção, fico com siricutico por não estar no Brasil quando acontecem esses dois grandiosos festivais.

Para quem gosta deste tipo de evento, outro para colocar no circuito é o Festival Forró da Lua Cheia, que também celebra a música brasileira nas mais variadas vertentes (não só o forró) e chega aos seus 30 anos de história. Um dos destaques é o Grande Encontro com Elba Ramalho, Alceu Valença, Geraldo Azevedo, mas tem também Liniker, Luiza e os Alquimistas, BaianaSystem e Franciso El Hombre. Ele acontece em Altinópolis, também no meio das montanhas, em São Paulo.

Rock the Mountain | Foto: Indie Clicks

Serviço:

Rock The Mountain
16 e 17, 23 e 24 de abril, 2022
Ingressos: R$ 376 (meia) e R$ 770 (inteira)
Itaipava, Petrópolis (RJ)

Festival da Lua Cheia
16 a 19 de junho, 2022
Ingressos: Esgotados 
Altinópolis, São Paulo

Coala Festival
17 e 18 de setembro, 2022
Ingressos: R$ 450
Memorial da América Latina, São Paulo

Rock the Mountain | Foto: Divulgação

    UNQUIET Newsletter

    Voltar ao topo