Adrenalina abaixo de zero

Com opções que vão desde o snowkite à escalada em gelo, o Canadá é um verdadeiro paraíso para os amantes dos esportes na neve

snowkite canadá

O inverno no Canadá é uma época mágica, especialmente para quem gosta de uma boa aventura. Assim que a neve começa a cair, o país se transforma em uma espécie de parque de diversões para os amantes do outdoor. O barulho da neve fofa estalando sob os pés e o ruído de esquis e kites rasgando céus e montanhas soam como música para os ouvidos. Essa seria a minha quarta temporada por lá, mas a primeira na região mais ao norte da província de Quebec, conhecida por ser um dos destinos mais nevados do mundo. Apesar de temperaturas que facilmente podem despencar para -30 °C, Quebec consegue ser incrivelmente convidativa na estação mais fria do ano. Seria uma oportunidade perfeita para testar a sorte em esportes como snowkite, escalada em gelo, hiking, esqui e snowboard. 

O itinerário, de 15 dias, incluía cidades como Montreal, Sacacomie, Alma, Saguenay, Saint-Gedeon, Quebec e, claro, Mont Tremblant. Além de explorar os cantos mais selvagens desses lugares, o objetivo também era curtir bons momentos em família, já que o Max e minha filha, Kora, que completou 1 ano na viagem, seriam os meus companheiros. Melhor parceria impossível, pois a Kora topa tudo, é curiosa, ágil, esperta (será que é papo de mãe coruja?), enquanto Max ama os mesmos esportes que eu, adora montanha e encara todas.

Fechar

Benefícios Exclusivos UNQUIET: Canadá, Four Seasons Hotel Montreal

Saiba mais

Consulte seu agente de viagens.

Four Seasons Hotel Montreal

O Four Seasons Montreal atende como um dos endereços mais sofisticados da província de Quebec. Na maior cidade da região canadense, o hotel fica no área mais nobre de Montreal, a chamada Golden Square Mile. Seus ambientes refletem a elegância atemporal e o tom cosmopolita que são marcas registradas da rede que, aliás, é originária do Canadá. Entre os destaques, além de restaurantes gastronômicos e um bar, o spa oferece hidroterapia e massagens terapêuticas, opções ideiais para quem quer se recuperar de um dia de esportes radicais na região. 

  • Surpresa de boas-vindas no quarto em nome da UNQUIET para leitores com produtos da estação. De acordo com a sazonalidade, aplicação de upgrade.
  • Use o código: UNQUIET SPECIAL OFFER
  • Validade: junho 2024
Lago Sacacomie, Canadá
A beleza gélida do Lago Sacacomie
Karina com a filha, Kora, e o marido, Maximo, em Quebec

Depois de um longo voo, a empreitada começou em Sacacomie, um luxuoso resort localizado entre Montreal e Quebec. O hotel foi construído sobre uma colina, às margens do Lago Sacacomie, um lugar cercado por natureza, ideal para descansar, contemplar a paisagem e “tirar a viagem do corpo”. Mas a verdade é que não conseguimos ficar muito tempo parados. Fomos logo experimentar o dogsled, aquele trenó puxado pelos cães, bem famoso nos filmes. Além de uma atividade superdivertida em família, o passeio foi uma maneira diferente de apreciar o lago, absolutamente congelado (assim eu esperava), da região. 
Nos despedimos dos nossos amigos de quatro patas e aproveitamos o embalo para encarar uma sessão de esqui cross-country, conhecido no Brasil como esqui de fundo. Além de toda a beleza natural, Sacacomie oferece uma grande variedade de lazer para os hóspedes. O resort fica aberto o ano inteiro e ainda conta com passeios de caiaque e trekking com as raquetes de neve, além de vários restaurantes, que servem a deliciosa comida franco-canadense. A vontade era ficar um pouco mais, mas ainda tínhamos muita estrada pela frente.

A estação de esqui de Mont Tremblant, que oferece inúmeras atividades ao ar livre | Foto: Getty Images

Escalar uma desafiante cachoeira de gelo

Com as energias renovadas, pegamos o carro rumo à cidade de Quebec, uma das maiores cidades do Canadá e onde a maioria da população fala francês. Na temporada de inverno, Quebec parece se transformar em um cenário de conto de fadas, com ruas cobertas de neve, luzes brilhantes e decorações festivas. Por lá, a missão era escalar em gelo a Cachoeira de Montmorency, uma queda de 83 m, que fica a cerca de 13 km do centro da cidade. Durante os meses mais frios do ano, com as baixas temperaturas, a água para de fluir e a cachoeira se transforma em uma linda coluna de gelo. Condições ideais para a prática do ice climbing, um dos esportes mais fascinantes – e perigosos – do mundo. 

Diferente da escalada em rocha, em que usar os dedos é fundamental, a escalada em gelo conta com duas piquetas (uma em cada mão) e os crampons (nos pés) como ferramentas para subir. É um jogo de xadrez, onde o frio é um duro oponente. Para quem vai se arriscar pela primeira vez, o parque oferece uma sessão de orientação, na qual os participantes também conseguem alugar os equipamentos necessários. Já para os mais atirados, a cachoeira congelada é um verdadeiro playground a céu aberto. As paredes de Montmorency oferecem uma variedade incrível de rotas e, à medida que escalamos, fomos surpreendidos pela beleza do Rio Saint Lawrence ao fundo e o lindo horizonte de Quebec. A vista é espetacular e demos muita sorte no dia: sol, céu azul, pouco vento e um dia épico de escalada no inverno quebequense. 

snowkite e esportes de inverno no canadá
Karina escala a cachoeira congelada Montmorency, em Quebec
snowkite canadá
Karina Oliani saindo para uma velejada de snowkite no Canadá

Para baixar a adrenalina, nada melhor do que uma boa caminhada pelo centro histórico de Quebec. Patrimônio Mundial da Unesco, Old Quebec é um ponto turístico efervescente, um mix de culturas, com as arquiteturas francesa e britânica do século XVII refletindo toda a complexa história da cidade. Os blocos de gelo gigantescos flutuavam pelo rio, enquanto a gente admirava o pôr do sol refletir seus últimos raios dourados no topo do famoso e charmoso Château Frontenac.

De vento em popa

As pessoas adoram perguntar qual é o meu esporte favorito, mas a verdade é que nunca quis me limitar a apenas uma atividade. Desde cedo faço wakeboard, escalada em rocha, esqui, canoagem, mergulho, SUP, hipismo, mergulho e por aí vai. Acho que esse mundo tem muita coisa boa para experimentar e ficar em um lugar só. E para mim o snowkite é um ótimo exemplo de toda essa “inquietude”. É um jeito perfeito de explorar o mundo, conhecer novos lugares, culturas, pessoas, usando apenas a força do vento, uma prancha no pé e uma pipa no céu. Assim, de Quebec, partimos novamente para o norte, em busca do snowkite na região de Saguenay, onde lugares como Lac Saint-Jean e La Baie prometiam ventos constantes, poucos obstáculos e planícies perfeitas para o esporte. 

snowkite canadá

Pouco conhecido no Brasil, o snowkite vem ganhando cada vez mais popularidade no Canadá, um país abençoado pela neve. A técnica utilizada é parecida com o kitesurf, com pequenas adaptações no equipamento, mas ele pode ser praticado tanto com esquis como em uma prancha de snowboard. Usamos a mesma pipa, a mesma barra, o mesmo trapézio, e a principal diferença sem dúvida é que substituímos a prancha de wave, ou a bidirecional no pé, pelos esquis ou pelo snowboard. E essa escolha depende muito da experiência pessoal de cada um. Eu recomendo fortemente que primeiro você domine os esquis ou o snowboard antes de tentar juntar isso a uma pipa e rajadas de ventos que chegam a 25-30 nós.

Para quem deseja aprimorar as habilidades, cidades como Saguenay e Saint-Gedeon contam com algumas escolas. A que eu recomendo é do Hugo Garon e se chama Progression Kite (www.progressionkite.com).

Quem pratica há mais tempo sempre fala que o snowkite pode ser ainda mais perigoso que o kitesurf e acho que é fácil imaginar o porquê. Com muito respeito e uma boa dose de humildade, peguei meu snowboard, armei um kite 11 e saí velejando pelo enorme Lago Saint Jean, completamente congelado. Em vários momentos, quando me afastei do kite center, senti que estava isolada no meio do Ártico. Foi uma delícia! 

snowkite canadá
Praticantes de snowkite | Foto: iStock

Nos arredores de La Baie, na charmosa Chicoutimi, fizemos uma pausa nos esportes de inverno para ficar alguns dias curtindo uma cabana ao melhor estilo “quebequense”. Feitas de madeira e com toda sofisticação e conforto, elas se localizam no meio da floresta nevada.

Partiu, Mont Tremblant

Pernas zeradas e após uma merecida noite de descanso na simpática e pequena cidade de Trois-Rivière, era hora de matar a saudade de dois esportes que pratico desde criança e estão entre os meus preferidos: esqui e snowboard. Assim, partimos para Mont Tremblant, uma das estações de esqui mais fantásticas de toda a América do Norte. Com mais de 96 pistas, ela é um lugar ideal para esquiadores de todos os níveis. Durante o inverno, são inúmeras as faces da montanha que podem ser dropadas com toda a segurança. Além disso, é uma vila supercharmosa, multicultural, conhecida pela famosa cena après-ski, com diversas possibilidades para comemorar e se socializar depois de um dia exaustivo (e lindo) de esportes na montanha. 

snowkite e esportes de inverno canadá

Com mais de 96 pistas, ela é um lugar ideal para esquiadores de todos os níveis. Durante o inverno, são inúmeras as faces da montanha que podem ser dropadas com toda a segurança. Além disso, é uma vila supercharmosa, multicultural, conhecida pela famosa cena après-ski, com diversas possibilidades para comemorar e se socializar depois de um dia exaustivo (e lindo) de esportes na montanha. 

Nessa viagem, eu já estava carregando muitos equipamentos, então resolvi alugar esquis, bastões e botas novinhos em Tremblant e não me arrependi. Equipamento incrível, encerado, afiado, ajustado perfeitamente aos pés: que alegria!

Deu para rabiscar a montanha até as pernas pedirem socorro. Mont Tremblant realmente justificou a fama. A montanha é particularmente agradável para esquiadores de nível intermediário, com mais de 50% do terreno classificado como pista azul (intermediária). Mas há também muitas opções de pistas verdes (iniciantes) e pretas, para aqueles que estão em busca de mais adrenalina. Tudo bem sinalizado. 

Clique aqui para ler a matéria na íntegra na edição 11 da Revista UNQUIET.

Fechar

SUSTENTABILIDADE

Ações de conservação do meio ambiente e ações sociais

Saiba mais

Four Seasons

#Baseia suas ações de sustentabilidade nos pilares de ESG (governança ambiental, social e corporativa, na sigla em inglês). Por meio do programa, buscam preservar e regenerar os lugares em que operam e deixar um impacto positivo e duradouro em suas comunidades.

#O programa está centrado em dois pilares: Planeta (impacto ambiental) e Pessoas (impacto social). Cada pilar é sustentado por atividades e objetivos específicos, observando de perto como os esforços contribuirão para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

#Forte compromisso com a redução de emissões de carbono, preservação de água, redução de resíduos e busca de fornecedores sustentáveis, além do objetivo de eliminar plásticos de uso único.

# Apoio às comunidades locais e filantropia, com o compromisso de apoiar as pesquisas de combate ao câncer e a promoção da diversidade, inclusão e equidade nos escritórios corporativos e propriedades ao redor do mundo.

fourseasons.com/landing-pages/corporate/esg

 

snowkite canadá
Ilustração: Antônio Tavares

    UNQUIET Newsletter

    mobil okey oyna
    https://www.fapjunk.com https://pornohit.net
    evden eve nakliyat
    evden eve nakliyat
    akumyolda.comakumyoldaakumyolda.comakumyolda.comakumyolda.comakumyolda.com
    turkceingilizce.gen.trturkceingilizce.gen.tr
    translatedicttranslate dicttranslatedict.com
    Freetranslations.org is a web site to help you to translate to English from tens of languages as a free translator.freetranslationsfreetranslations.org london escorts
    ©UNQUIET 2024 - Todos os direitos reservados
    Think4
    Voltar ao topo