Carol da Riva

Apaixonada por registrar múltiplos aspectos de culturas remotas, sobretudo na Ásia, a fotógrafa revela como vivem pessoas simples, conectadas com os ritmos naturais da terra

Admirável mundo simples

Para os balineses, o arroz tem significado muito maior do que o de um alimento básico. É parte integrante da cultura local. Os rituais do ciclo de plantar, manter, irrigar e colher esse grão enriquecem a vida cultural balinesa.” A explicação é da fotógrafa paulistana Carol da Riva, com a percepção íntima de quem vive na Indonésia desde 2011 – o plano era ficar por apenas seis meses, mas a profissional se rendeu ao país. Aos 44 anos de idade, Carol é hoje cronista do estilo de vida e das tradições de antigas comunidades, e registra a saga dos povos asiáticos em situações cotidianas, como o cultivo de algas marinhas na Ilha de Nusa Lembongan, na costa sudeste de Bali. “Essa atividade ajuda a proteger nossos recursos costeiros remanescentes, construindo outra vida marinha e fornecendo meios de subsistência alternativos para os pescadores costeiros, que poderiam ter recorrido à pesca com cianeto e dinamite”, conta.

A fotógrafa gosta de se aproximar de pessoas ainda conectadas com os ritmos naturais da terra, mergulhando em sua simplicidade e conquistando sua confiança aos poucos. E ela consegue. Entra em diferentes casas, compartilha histórias e xícaras de chá, entende a luta de um povo com olhar antropológico. Depois, traduz o que enxerga e aprende em reportagens e ensaios sociais publicados regularmente em jornais e revistas como National Geographic, Vamos/LATAM, Marie Claire, ELLE, Eurobike, Horizonte Geográfico, entre outros.

Com esse propósito, Carol já viajou em missão por mais de 30 países, documentando culturas, minorias étnicas, meio ambiente, turismo, artes e arquitetura. “Trabalhar como fotógrafa de ONGs me deu o privilégio de observar como é a vida de uma ampla parcela da sociedade”, explica. “São tribos indígenas, órfãos, profissionais do sexo, agricultores de arroz e algas, pescadores, crianças menos privilegiadas, sem-teto e tantos outros”. 

De tanto rodar o mundo, seus arquivos hoje somam mais de 200 mil fotos catalogadas, disponíveis em um banco de imagens para serem licenciadas para uso editorial ou comercial. Em Bali, além de trabalhar como colaboradora para diversos veículos de comunicação internacionais, ela compartilha o tempo entre os dois filhos, Tiago, com 17 anos, e Luísa, com 10, oficinas de fotografia e registros de templos antigos, mercados, aldeias rurais, campos de arroz e cerimônias. “Adoro trabalhar com gente apaixonada pelo que faz. Sinto que também estou fazendo a diferença”.

Neste ensaio, você confere registros de Carol da Riva em quatro países: Indonésia, Tailândia, Camboja e Mianmar.

Bali, Indonésia

    UNQUIET Newsletter

    mobil okey oyna
    https://www.fapjunk.com https://pornohit.net
    evden eve nakliyat
    evden eve nakliyat
    akumyolda.comakumyoldaakumyolda.comakumyolda.comakumyolda.comakumyolda.com
    turkceingilizce.gen.trturkceingilizce.gen.tr
    translatedicttranslate dicttranslatedict.com
    Freetranslations.org is a web site to help you to translate to English from tens of languages as a free translator.freetranslationsfreetranslations.org london escorts
    ©UNQUIET 2024 - Todos os direitos reservados
    Think4
    Voltar ao topo